domingo, 1 de julho de 2012


  • Deus, poe Teu olho amorosa sobre todos que já tiveram um amor sem nojo, nem medo e de alguma forma insana esperam a volta dele : que os telefones toquem, que as cartas finalmente cheguem ....

Nenhum comentário:

Postar um comentário